Desordem

R$60,00

Desordem

Fernanda Chemale e Gisela Rodriguez

FUNPROARTE (2014)

Qtd

As fotos de Fernanda Chemale inspiradas nos poemas de Gisela Rodriguez compõe DESORDEM,  livro e exposição que apresentam uma poética visual, o contraponto do homem contemporâneo em uma cena dramática atemporal e cotidiana, de solitude e desordem.

São relações entre passado, presente e futuro que enfatizam um plano suspenso, quimérico e fabuloso, oferecendo um retrato do cenário urbano de uma sociedade permeada por relações interpessoais falidas e interligadas por medos, imaginações, emoções e modos de vida. O livro, uma brochura de 144 páginas em formato 20×22, tem direção de produção de Liége Biasotto e Design Gráfico de Flávio Wild e foi realizado através do Financiamento Fumproarte, Fundo Municipal de Apoio à Cultura e à Produção Artística de Porto Alegre.

A encenação contou com o talento de Daniel Lion (figurinos), Marco Fronckowiak (cenografia e assistência de direção), Juliane Senna (maquiagem), Carol de Góes (fotos de making of e versão para o inglês) e André Varela (assistente de produção).

O livro tem apresentação do escritor Paulo Scott e do curador e pesquisador de fotografia Titus Riedl. Conta ainda com as participações especiais de Alexandre Antunes, Alexandre Fávero, Eduardo Aigner, JP Pax e Lidia Brancher, Paul Azevedo.

Nas cenas icônicas, estão artistas e personalidades gaúchas:

Sandra Dani, Luiz Paulo Vasconcellos, Wander Wildner, Lauro Ramalho, Elison Couto, Ena Lautert, Beatriz Borges, Clarice Nejar, Elisa Volpatto, Heinz Limaverde, Kátia Suman, Deborah Finocchiaro, Eduardo Bueno, Pascal Berten, Zé da Terreira, Otto Guerra, Castanha, Dommenique de Luxor, Rochele Zandavalli, Gica Beatnik e Edu K. A poetiza  Gisela Rodriguez mergulhada em seus conflitos protagoniza  “Ophelia” entre os 20 personagens que compõe a série.

financiamento FUMPROARTE

Capa Flávio Wilde (Prêmio Açorianos melhor capa)

https://projetodesordem.com/

Peso 345 g
Dimensões 22 x 20 x 1.5 cm
Sobre as autoras

Fernanda Chemale é fotógrafa e artista visual. Trabalha com quetões relacionadas à fotografia e memória desenvolvendo projetos na vertente autoral e documental. Propõe uma fotografia oculta, paradoxal e subversiva. Dentre as séries que desenvolveu destacam-se: Terráqueos, Rock Luz Velocidade, Mendigos, Abstrato, Face, Tempo de Rock e Luz, ElefanteCidadeSerpente, Espeço de Conflito, A Rua Suspensa, Retratos Clássicos do Rock Gaúcho. Suas obras estão nas coleções de fotografia Pirelli/MASP do Museu de Arte de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea do RS, Museu do Homem do Nordeste e Museu dos Descobrimentos em Portugal.

Gisela Rodriguez é formada em Teatro pela CAL (RJ); extensão em cinema na PUC (RS); Expressão corporal "Physical Approach" na City Lit (Londres); Curso de Roteiro para Cinema e Televisão AICTv – Academia Internacional de Cinema e TV (RJ); e cursos de aprimoramento na área do teatro – dança, expressão corporal, teatro antropológico e expressionista, e cursos de teoria sobre cinema e teatro.
Escreveu roteiros e adaptações teatrais, além de poemas e contos, e em 2010 começou a participar de publicações em coletâneas e antologias de novos autores. Também como colaboradora de sites coletivos e blogs literários. Seu primeiro romance, "Entre a neve e o deserto", foi lançado na sétima FestiPoa Literária, em maio de 2014.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Desordem”

Categoria Tags: , ,